Algas vermelhas na produção de cerveja

Há algum tempo as algas já são utilizadas como cosméticos, na indústria alimentícia (lembre dos sushis) e científica (ágar-ágar, substância usada no cultivo de micro-organismos em laboratórios). Então, não seria surpresa saber que se usam algas na produção de cervejas também, não é?

Notou-se que essas algas tem aparecido em grande quantidade em algumas praias do nosso nordeste e o que antes era importado agora é colhido e até cultivado controladamente por algumas associações como a Amar (Associação das Maricultoras de Rio do Fogo), na praia de Rio do Fogo (RN). A associação era independente, mas agora recebem uma ajuda do governo para manter a associação e suas práticas de preservação dos bancos de corais.
Ok, mas onde entra a alga na produção da cerveja? Isso fica por conta de uma substância em pó que é extraída de algumas espécies de algas vermelhas, a Carragena. Essa substância é usada no processo de clarificação da bebida, como faz a gigante Ambev. Alfredo Luís Barcelos, mestre-cervejeiro do Instituto da Cerveja, explica que a carragena retira algumas partículas e proteínas que deixam a cerveja turva.
Não duvido nada que algum cervejeiro mais exótico queira usar a própria alga como ingrediente, não só como agente clarificante. Vamos ver.
Fonte:
Visite o Blog Lupulento e veja todo o conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *