Cerveja artesanal para os amantes de vinhos

E aí, pessoal do vinho! Beleza? Em qual desses grupos de enófilos você se encaixa: no dos que desdenham a cerveja, no dos que não gostam de cerveja ou no dos que simplesmente não conhecem cerveja artesanal? Não importa, viemos aqui com a missão de apaziguar essas duas raças tão discordantes (pessoal do vinho e pessoal da cerveja artesanal), na maioria das vezes.
Eu sou louco por cerveja e passei a gostar de vinhos por conta dela (depois falo sobre como isso aconteceu). Mas vi que nossa querida breja é desfavorecida no meio gastronômico e muito disso vem da falta de conhecimento, oportunidade e direcionamento na hora de gastrônomos, enófilos e consumidores da alta gastronomia degustarem cervejas artesanais.

Tem espaço para as duas coisas!

Caso você não seja familiarizado com o universo das cervejas artesanais pode parecer um pouco intimidador. Mas verdade seja dita: degustar cervejas artesanais é uma prática tão importante quanto provar um prato local de onde você está viajando a passeio.

Fiz uma busca e achei alguns pares para cada tipo de gosto que talvez funcionem. Vinho tal está para cerveja tal… e por aí vai:

– Se você gosta de Sauvignon Blanc , experimente uma cerveja Lambic ou Cidra.
O mesmo sabor frutado, notas de melão dos Sauvignon Blanc estão bem presentes em Lambics ou cervejas Cidra . A Lambic é refrescante e borbulhante e pode ser feita de cerejas , framboesas , uvas e muito mais. É azeda e bem frutada, assim como o seu vinho branco favorito.

Sugestões: Kriek Boon, BodeBrown Cerveja do Amor (BRA) e Liefmans Fruitesse.

– Se você gosta de Chardonnay, tente uma IPA.
Chardonnays são ricos, saborosos e bem aromáticos puxado pro cítrico, assim como uma IPA (ou India Pale Ale). As IPA são conhecidas pelo lúpulo bem aparente, que remete a um cítrico aroma de toranja, maracujá, folhas de limoeiro… dependendo do tipo de lúpulo utilizado. Você vai gostar bastante da mesma ousadia no sabor e “crocância” percebidos no seu Chardonnay .

Sugestões: Colorado Indica (BRA), Brewdog Punk IPA e Diabólica (BRA).

– Se você gosta de Merlot , vá de Barleywine.
Merlots e Barleywines – duas porradas de sabor. Os dois têm essa combinação perfeita de um sabor ousado. Ambas as bebidas têm um sabor frutado, toffee (caramelo) e potente. Se você gosta de lembrar do sabor de auma bebida o resto de sua vida, que tem um sabor rico e forte, tanto Merlot e Barleywine são uma boa escolha.

Sugestões: Anchor Old Foghorn, Brooklyn Monster Ale (se você ainda a encontrar por aí), Pagan Dragon’s Blood Wine (BRA) e a acessível Baden Baden Red Ale (BRA).

– Se você gosta de Cabernet Sauvignon, tente uma Brown Ale.
Gosta de um pouco mais de entusiasmo no seu vinho? Então você vai gostar de uma Brown Ale. Estas cervejas tem um saboroso tostado, amendoado e um quase amadeirado, bem semelhante a um Cabernet Sauvignon. Os amantes do “Cab Sav” geralmente apreciam o sabor forte que também é encontrado em uma levemente amarga cerveja marrom.

Sugestões: Anchor Brekle’s Brown, Rogue Hazelnut Brown Nectar e Velhas Virgens Brownie Rockin’ Beer (BRA).

– Se você gosta de Moscato, Chocolate ou outros vinhos de sobremesa, tente uma Stout.
Quando o seu dente doce influencia sua escolha de vinho, você vai desfrutar de uma cerveja preta. Há muitos tipos diferentes de cervejas de malte , mas em geral , eles são doces e cremoso como os seus vinhos de sobremesa favoritos. Stouts pode ter um sabor de aveia, café , chocolate, ou às vezes uma combinação de todos os três.

Sugestões: Brooklyn Black Chocolate Stout, St. Gallen Stout Porter (BRA), Wäls ou DUM Petroleum (BRA).

Não sou nenhum Sommelier, ainda  (rsrs), mas creio que essas sugestões caiam bem. E se você não é um apreciador de vinhos, siga essa dica ao contrário, que funcionará também.
Fiquem livres para sugerir outras opções de cervejas.

Fonte:
TravelBelles.com

Visite o Blog Lupulento e veja todo o conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *